Sábado
23 de Março de 2019 - 
Telefone: (21) 2524-4508
Telefone 24 horas: (21) 99627-5880
Fax: (21) 4106-2842
WhatsApp/Telegram/SMS: (21) 99627-5880
Endereço: Rua Barão de Mesquita, 133, sobrado, parte, Tijuca, Rio de Janeiro, RJ, CEP ...
CASTRO MAGALHÃES SOCIEDADE INDIVIDUAL DE ADVOCACIA

Controle de Processos

Webmail

Newsletter

Previsão do tempo

Hoje - Rio de Janeiro,...

Máx
30ºC
Min
23ºC
Poss. de Panc. de Ch

Domingo - Rio de Janei...

Máx
30ºC
Min
24ºC
Parcialmente Nublado

Cotação Monetária

Moeda Compra Venda
DOLAR 3,88 3,88
EURO 4,38 4,38
LIBRA ES ... 5,13 5,13
GUARANI 0,00 0,00

Últimas notícias

Ordem promove ações pelo Dia Mundial do Consumidor nesta sexta-feira

Eduardo Sarmento Celebrado em 15 de março, o Dia Mundial do Consumidor servirá de mote para ações promovidas pela OAB/RJ e suas subseções nesta sexta-feira. No Largo da Carioca, Centro do Rio, a Comissão de Defesa do Consumidor (CDC) da Seccional realizará distribuição de cartilhas sobre o tema e pulgará a plataforma consumidor.gov.br, que possibilita a resolução de conflitos diretamente com as empresas. Do outro lado da Baía de Guanabara, as subseções de Niterói e São Gonçalo realizarão eventos distintos, mas com o mesmo formato: consultoria jurídica gratuita para a população. "O cidadão é protegido por leis e precisa ser respeitado. O consumo faz parte do bem-estar dos inpíduos", afirmou o presidente da CDC, Eduardo Biondi, justificando a movimentação relacionada à data. A ação no Largo da Carioca será realizada pela Seccional em parceria com o Procon Carioca, o Ministério Público, a Proteste, a Defensoria Pública e a Anatel. Das 10h às 16h, representantes das entidades ensinarão os consumidores a baixarem o aplicativo da plataforma consumidor.gov.br e a registrarem suas reclamações. Haverá, ainda, panfletagem de material referente à ferramenta e distribuição de cartilhas sobre os direitos do consumidor. Em Niterói, das 8h às 13h, a Comissão de Defesa do Consumidor da subseção local oferecerá consultas jurídicas gratuitas e um serviço de informações sobre o tema. A atividade acontecerá no Centro da cidade, entre o Terminal Rodoviário João Goulart e o Shopping Bay Market. O local foi escolhido "por ser de grande circulação e possibilitar o maior número de atendimentos possível", de acordo com a presidente da comissão, Laila Falconi. "Conhecer seus direitos é uma questão de cidadania e a Comissão de Defesa do Consumidor da OAB/Niterói apoia esta ideia", destacou. A Praça Luiz Palmier, no Centro de São Gonçalo, foi o ponto escolhido para a celebração do Dia Mundial do Consumidor no município. Além da orientação jurídica gratuita, o evento organizado pela OAB/São Gonçalo contará com a participação da Cruz Vermelha, que prestará serviços voltados à saúde, como a aferição de pressão e glicose. "Muitos consumidores lesados pelas empresas querem entrar na Justiça mas não conhecem seus direitos. Estaremos mais uma vez dando esse tipo de apoio para quem precisar", explicou o diretor da Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem local, Fernando Luis Rodrigues Cardoso. O presidente da Subseção de São Gonçalo, Eliano Enzo, destacou a importância de uma atuação que extrapole os limites da advocacia. "Estamos ampliando as comissões que têm relação com a sociedade para dar mais suporte e apoio aos gonçalenses", acrescentou.A plataforma consumidor.gov.br Serviço público e gratuito, a plataforma consumidor.gov.br visa à resolução alternativa de conflitos a partir da ação integrada entre a Secretaria Nacional do Consumidor, o Ministério da Justiça, o Procon, o Ministério Público, a Defensoria Pública, seccionais da OAB, tribunais de Justiça e empresas participantes. Ao acessar a ferramenta, o cliente pode reclamar direto com a empresa. Os números mostram que mais de 80% dos casos são resolvidos e a solução geralmente acontece em até 7 dias. No Rio, a gestão do Procon Carioca e, no restante do estado, pelo Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública (Nudecon). A participação das empresas é voluntária e só é permitida àquelas que aderem formalmente ao serviço, mediante assinatura de termo, no qual se comprometem a conhecer, analisar e investir todos os esforços disponíveis para a solução dos problemas apresentados. O consumidor.gov.br tem, por enquanto, 494 empresas cadastradas. "A palavra final é sempre do consumidor, pois, após a resposta do fornecedor, o reclamante tem a possibilidade de avaliar se a reclamação foi resolvida ou não, atribuir uma nota de satisfação e um comentário final", explicou Biondi.
14/03/2019 (00:00)
Visitas no site:  209391
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia
Pressione as teclas CTRL + D para adicionar aos favoritos.